Usinas eólicas baianas já podem operar comercialmente

Cinco usinas de energia eólica do grupo italiano Enel Green Power e uma usina da espanhola Iberdrola, todas no Nordeste, receberam autorização para iniciar a operação comercial a partir desta terça-feira, segundo despachos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no Diário Oficial da União.
As usinas da Enel, em Campo Formoso, na Bahia, formam o complexo Delfina, e tiveram liberadas para gerar energia máquinas que somam um total de 124 megawatts em capacidade instalada.
Já o parque da Iberdrola, Lagoa 1, foi construída em Santa Luzia, na Paraíba, e as máquinas autorizadas a operar somam 31,5 megawatts.

Reuters