Como um exame de sangue que detecta o câncer vai mudar nossa vida

Todo ano, 14 milhões de pessoas são diagnosticadas com câncer no mundo. E este número tende a aumentar proporcionalmente com o crescimento da expectativa de vida. Infelizmente, a maioria destes novos diagnósticos se refere a tumores que já são invasivos, ou seja, formas mais avançadas de câncer, e que provavelmente vão exigir combinação de tratamentos cirúrgicos, radioterápicos e a temida quimioterapia.

Não resta a menor dúvida que a medicina já mostrou o quanto progrediu no tratamento do câncer nas últimas décadas. A taxa de cura, mesmo de tumores muito avançados, melhorou significativamente. Nos casos em que a cura ainda é uma meta inatingível, o tempo de sobrevida dos pacientes aumentou de forma importante, com ganho de qualidade de vida.

Deixe uma resposta